O que é o Outubro Rosa?
Para quem não sabe, o Outubro Rosa é um movimento internacional durante todo o mês de outubro em conscientização da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Além de chamar a atenção das mulheres para a necessidade de frequentar o médico e fazer a mamografia, essa campanha também estimula que a mulherada se toque e sempre faça o autoexame das mamas.

Como Previnir?
Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:
- Praticar atividade física regularmente;
- Alimentar-se de forma saudável;
- Manter o peso corporal adequado;
- Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
- Amamentar

Sinais e Sintomas:
É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.
Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:
- Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
- Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
- Alterações no bico do peito (mamilo);
- Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
- Saída espontânea de líquido dos mamilos; - As mulheres devem procurar imediatamente um serviço para avaliação diagnóstica ao identificarem alterações persistentes nas mamas. No entanto, tais alterações podem não ser câncer de mama.

O exame da mama:

Existem dois tipos de exames de mama:

Mamografia:
A mamografia é um exame de Raio-X que pode detectar o nódulo na sua fase inicial. Apesar de causar um certo desconforto por parte das pacientes, não é perigoso para a mama. É recomendado que pessoas com mais de 40 anos façam esse exame frequentemente.

Autoexame:
O auto exame é bem simples e auxilia no conhecimento do próprio corpo ao detectar quaisquer mudanças nas mamas. É feito visualmente e por meio da palpação, uma vez por mês, após o final da menstruação. Além do auto exame, é importante que as pessoas façam a mamografia, só ela pode detectar precocemente um nódulo pequeno e aumentar muito as chances de cura.